Notícias & Blog

Sensor de Impressão Digital Como programar?
Por Outubro 03, 2018 0 Comentário

Sensor de Impressão Digital Como programar?

Neste pequeno tutorial vamos dar a conhecer o  módulo sensor biométrico para leituras de impressão digital que pode encontrar na BoxElectronica .Podendo usar o mesmo com o com Arduino ou Raspberry Pi, com este módulo pode desenvolver projetos que usam identificação por digital ao invés de RFID, por exemplo. Siga o tutorial e veja como é o funcionamento básico desse sensor de impressão digital, bem como suas especificações técnicas. 

Usamos um modelo a titulo de exemplo depois pode adaptar para o modelo que pretenda.

Especificações técnicas do sensor de impressão digital

O modelo do sensor de impressão digital é GT-521F32 e pode armazenar até 200 impressões digitais. Ele é capaz de registrar novas impressões digitais, identificá-las e até salvá-las como imagens. Possui uma CPU Cortex M3 que trabalha através de um protocolo de comunicação. A comunicação utilizada é Serial com baudrate padrão de 9600. 


Especificações Sensor de Impressão Digital

Para conexão, o módulo possui dois conetores do tipo JST-SH de 4 pinos. Para conectar o módulo aos seus projetos indicamos nosso cabo JST-SH de 4 pinos.

Cabo JST-SH Adaptador

O conector da esquerda é o principal onde se encontram os pinos de comunicação serial e alimentação. Veja na figura abaixo o esquema de pinagem do conector.

Pinagem do Sensor de Impressão Digital

Como indicado na figura acima, o módulo pode ser alimentado com tensão de 3,3V até 6V. Mas atenção! O nível lógico para comunicação é apenas 3,3V.

No outro conector da direita, temos alguns outros pinos mas não são comumente utilizados. Embora, um destes pinos vale ser citado, que é o ICPCK. Com este pino podemos detectar se existe algum dedo pressionando o módulo através da estrutura metálica que envolve o sensor óptico. O pino fica em nível alto(3,3V) quando um dedo é detectado.

Pinagem do Sensor de Impressão Digital

Conexão com computador via conversor USB-serial

Para um primeiro momento, iremos utilizar um programa de computador onde podemos explorar várias funcionalidades do sensor de impressão digital. Conectaremos o sensor de impressão digital ao computador através do conversor USB-Serial FTDILembre-se de selecionar tensão 3,3V no adaptador FTDI! Veja abaixo como fica a conexão:

Conexão Sensor de Impressão Digital

Conexão do Sensor com Adaptador FTDI

Depois que realizar a conexão, conecte o adaptador FTDI ao computador e veja no gerenciador de dispositivos qual a porta COM foi selecionada pelo sistema.

Porta COM Gerenciador de Dispositivos

Baixe a aplicação SDK de demonstração aqui. Descompacte a pasta e execute o arquivo SDK_DEMO.exe. Selecione a mesma porta COM vista no gerenciador de dispositivos e baudrate 9600. Então, clique em Open.

A aplicação deve indicar a versão do firmware e mais algumas informações do dispositivo.

Aplicação Demo SDK

Registrando uma digital

Para registrar uma digital precisamos pressionar 3 vezes o dedo no sensor. Então a digital é guardada com um ID único. Siga os passos abaixo para registrar uma digital.

  1. Selecione um ID que ainda não foi usado. Para este exemplo assumimos que o ID “0” está vazio.
  2. Clique no botão “Enroll”. O módulo irá acender uma luz e a aplicação irá dizer “Input finger 1 !”.
  3. Coloque o dedo sobre o sensor e a aplicação deverá indicar “Processing fingerprint…”.
  4. Retire o dedo quando a aplicação avisar “Take off finger, please…”.
  5. Pressione o dedo novamente quando a aplicação mostrar “Input finger 2 !”.
  6. Repita o processo pela terceira vez e se tudo der certo a aplicação irá mostrar “Enroll OK (ID=0)” e a luz irá apagar.

Identificando uma digital

Para identificar as digitais registradas no sensor de impressão digital clique no botão Identify(1:N) e vá pressionando os dedos registrados. A aplicação irá mostrar o ID do dedo e também a informação de quanto tempo o módulo levou para reconhecer a digital.

Este post foi baseado no site da  Sparkfun.

Deixe o seu comentário